domingo, 27 de abril de 2008

AS NECESSIDADES

Somos criaturas, e não deuses, não podemos tudo, não conhecemos tudo, não podemos estar em todo lugar. Essas nossas limitações esta em nível: físico, psiquico, social, cultural, espiritual, espaço-temporal. É preciso entender que não somos anjos, os nossos limites são principalmente por causa do nosso corpo material. Além de todos essses limites que falei, também existe os limites especiais e pessoais.


NOSSOS LIMITES NOS LEMBRAM CONSTANTEMENTE DE QUE SOMOS CRIATURAS


Em nosso desenvolvimento humano, as limitações já inicião desde o útero de nossa mãe, já que dependemos em tudo dela. Ao nascermos, somos limitados, necessitados e dependentes praticamente em todos os aspectos. Em nossa infância, adolescência e juventude, deveriamos crescer em nosso autoconhecimento, acolhendo assim os nossos limites e aprender a ordená-los para o amor segundo uma escala de valores que adquirimos. Adultos, somos menos limitados em alguns aspectos a não ser que tenhamos formado, pela boa educação uma escala de valores ordenada para o amor, temos a tendência de não admitir e acolher nossos limites. Na idade madura, os limites tomam outra feiçaoe voltamos, aos poucos, a nos tornar mais e mais necessitados e dependentes. Além de todos esses limites já citados acima, os naturais, temos algumas pessoas possuem limites especiais: cegueira, coxo, mentais...


NOSSOS LIMITES SÃO AMORAIS


Os nossos limites são "amorais", é importante compreendermos isso. Em si eles não são nem "bons" ou "ruins". O que será "bom"ou "mau" é o que faremos com relação a eles. Da mesma maneira são as nossas necessidades, que falaremos logo abaixo.


Os limites levam-nos a ter necessidades em todos os níveis, pois nada há em nós que não seja limitado de alguma forma. É de suma importância compreendermos.


AS NECESSIDADES


As maiores necessidades de todo ser humano, são amar, ser amado, ser livre, pertencer, água e segurança. Para nós cristãos, é evidente que a nossa grande necessidade é de Deus. Quando por qualquer motivo as nossas necessidades não são satisfeitas, e de uma maneira especial na infância e adolescência, ocorre o que chamamos de "carência" em todos os níveis: afetividade, social, intelectual, física etc. Todos nós temos direitos à satisfazer as nossas necessidades fundamentais e essenciais.


A primeira e grande necessidade de todo ser humano sadio é o Amor. O fato de o Amor ser a necessidade primordial do homem, faz com que o amor possa ordenar para si, com a ajuda da graça de Deus, todas as outras necessidades.


Precisamos compreender algumas coisas que são totalmente diferentes: TER e SENTIR necessidades. Todos nós temos muitas necessidades, porém na maioria das vezes não sentimos todas.


Santo Agostinho dizia: "A necessidade é a mãe de todas as ações humanas". Quando o ser humano não sente a necessidade, ela não sente-se incomodada em satisfazê-la. É preciso sentir e estimular uma necessidade, para chegarmos à uma ação, a satisfação.


CLASSES DE NECESSIDADES


A necessidade básica fundamental, como já falamos acima, ao homem é viver, ser ele mesmo e cumprir o plano de Deus sobre a sua vida. Essa necessidade global manifesta-se em múltiplas formas, que expressa-se em quatro aspectos fundamentais de todo ser humano:


I - Ser Corporal


A necessidade fundamental de viver cabe ao corpo. É importante atendermos primeiramente às necessidades básicas e, depois a outras. Ex: Comer, beber, dormir, respirar, repouso, saúde, vestuário, casa, trabalho...


II - Ser Pessoal


Aqui, podemos distinguir dois aspectos: a de desenvolver a inteligência e a de operar sobre sua responsabilidade. Em nossa convivência famíliar e comunitária é necessário dá atenção em especial à essas necessidades:


a)Compreender o mundo em que vivemos


b)Compreender as ordens que recebemos


c)Receber responsabilidades de acordo com as nossas capacidades


d)Exercitar a nossa criatividade


e)Tomar iniciativas e gozar de liberdade de ação


f)Participar dos grupos e das decisões


III - Ser Social


Viver à margem da sociedade faz qualquer ser humano cair abaixo do nível humano. O ser humano tem necessidade do encontro com o outro para chegar à sua plenitude. Ex: Ser reconhecido, aceito, amado, ajudado, apoiado, valorizado...


Vivemos num mundo em que não se entende o ser humano de maneira isolada, sem que decaia incrivelmente sua qualidade de vida. Vivendo em sociedade, o ser humano experimenta duas necessidades que lhe são muito peculiares: a Comunicação e a Cooperação. Sente o impulso de comunicar suas idéias e crenças, seus sentimentos e emoçoes, quando então dá sentido à sua vida.


IV - Ser Religioso


Diz Santo Agostinho: "Senhor, para vós nos fizestes, e nosso coração está inquieto enquanto não repousa em vós". Quem não recebeu a graça do conhecimento de Deus, carecem de um absoluto que dê sentido à sua vida, não pode viver bem.


Como parte integrante dessa dimensão religiosa humana, conta-se a necessidade de se viver em fidelidade a Deus ou a um absoluto, de professar livremente sua religião e o ideal que elegeu.

Nenhum comentário:

NOTÍCIAS DA IGREJA