quarta-feira, 14 de maio de 2008

AMIZADE COM O ESPÍRITO SANTO

Pe. Alirio José Pedrini, SCJ


É meu propósito falar-lhe sobre uma possível e benéfica amizade com o Espírito Santo. Com toda certeza Ele é seu amigo, aliás, um grande amigo. Sinto-me à vontade para perguntar: você é amigo d'Ele? Existe uma verdadeira amizade entre vocês? Você já pensou nisso?


Uma amizade profunda e cultiva com Ele é a certeza e a garantia d'Ele poder realizar toda Sua maravilhosa obra em sua vida. Essa obra é a prova maior e mais evidente do quanto Ele ama você. Por isso, falemos agora de sua amizade para com Ele.


Amigo ama. Amizade é amor. O amor cria laços entre os amigos. Esses laços se engrossam, ficam cada vez mais fortes e inquebrantáveis à medida que os amigos se relacionam e dão novas provas concretas de amizade.


Para amar é preciso conhecer, é preciso entrar no coração do amado para descobrir seus valores, seus sonhos, seus projetos, suas lutas, suas necessidades e problemas.


Você já conhece, em parte, seu amigo, o Espírito Santo. Portanto, você sabe quem Ele é, como é, sua capacidade de agir em sua vida, sua grande amizade para com você. Você tem, então, a base para perceber a beleza, a importância eaté a necessidade de criar, manter e cultivar cuidadosamente uma grande amizade com Ele.


Se você já tem uma certa amizade, decida-se a aprodundá-la e cultivá-la muito mais. Se você percebe que o Espírito Santo ainda é o "Deus desconhecido e o amor não amado", comece já. Tome uma decisão firme e planejada de manter encontros diários e freqüentes de oração, que levem a criar e desenvolver uma bela e profunda amizade com Ele.


Quanto mais os amigos se encontram, conversam, se ajudam, tanto mais crescem em sua amizade. É o que acontece entre você e o Espírito Santo: quanto mais você se encontrar com Ele, falar, ouvir, render-se à sua ação e acolher suas manifestações, tanto mais se desenvolverá sua amizade e seu amor para com Ele.


Encontros Diários


Para manter e crescer na amizade para com o Espírito Santo é básico que você tenha um momento de encontro diário, isto é, um tempo de oração pessoal. Pode ser aquele mesmo tempo de oração, durante o qual você ora ao Pai celeste, a Jesus vivo, a Nossa Senhora e aos Santos de sua devoção. Pode ser aquele momento durante o qual você lê, medita, contempla e acolhe a palavra de Deus, ou no qual você faz pedidos em seu próprio favor ou no de outras pessoas.


Nesse tempo de oração, determine-se a dar um tempo para estar na presença e em oração ao Espírito de Amor.


Inicie sempre sua oração apresentando-se a Ele na "sala de seu coração", com palavras amáveis com saudações cordiais e carinhosas, assim como você faz quando chega na casa de uma pessoa muito amiga e intima. Mesmo que depois você use alguma oração escrita e lida. Faça sempre uma saudação inicial, muito espontânea e amável.


Em seguida, faça um momento de adoração. Isto é, olhe para Ele, vendo-o e reconhecendo-o como Deus. Declare com alegria que você o reconhece como Deus, o quer como seus Deus, junto com o Pai e o Filho Jesus. Elogie-o por Suas qualidades divinas: porque é Deus, junto com o Pai e o Filho Jesus. Elogie-o por Suas qualidades divinas: porque é Deus, porque é Todo Poderoso. Santíssimo, boníssimo. Onipresente, amoroso, amigo divino, misericordioso, fiel, generoso etc.


A seguir você pode fazer uma entrega profunda de si mesmo: de seu espírito, psiquismo, emocional e físico, de seu dia a ser vivido, ou dia que já viveu. Entregue-lhe, também, seus projetos e realizações.


Peça-lhe que assuma todo seu ser, interpenetrando-o e ungindo-o com Sua Presença e Suas melhores manigestações. Peça que renove Sua presença de uma forma mais forte e atuante. Enfim, que Ele seja o animador de sua vida cristã.


Seguir as Inspirações


De acordo com as inspirações que tiver, você continua sua oração. Pode ocorrer que algum dia você sinta necessidade de pedir-lhe perdão, por tê-lo esquecido, ou por ter agido de uma forma errada em relação a seus irmãos, ou por ter pecado de alguma forma. Prostre-se diante d'Ele e, arrependido, peça lhe muito perdão, prometendo não mais magoá-lo o com erros ou outros pecados.


Em outra oportunidade, talvez, você sinta necessidade de muita luz e coragem para tomar decisões acertadas. Prostre-se diante d'Ele, apresente-lhe suas necessidades, peça-lhe que intervenha com Sua ação benéfica.


Em outra ocasião você percebe um forte desejo de elogia-lo por tantas coisas boas que você tem vivido e realizado. Faça muitos elogios. Deixe seu coração louvar e agradecer por tudo quanto reconhece ter recebido d'Ele.


Destas ou de outras formas, você pode manter um bom momento diário de oração com Ele. Essa oração, além de fazer crescer muito sua amizade e admiração por Ele, lhe trará muitas bênçãos.


Ao terminar, gostaria de incentivá-lo muito a cultivar sua amizade, iniciando um relacionamento diário com o Espírito Santo, a perseverar com empenho, a aprofundar sua capacidade e criatividade de oração ao Divino Amigo.


Se você mantiver e cultivar essa amizade, Ele fará em sua vida muito, muito mais do que você possa imaginar. Se Ele o faz em muitas pessoas, porque não o faria também em você? Ele quer! Queria você também. Comece... Continue... Seja fiel nessa amizade.

Nenhum comentário:

NOTÍCIAS DA IGREJA