quarta-feira, 16 de julho de 2008

SEXUALIDADE CRISTÃ

INTRODUÇÃO


Nós seres humanos, nascemos homem ou mulher, mas o masculino e o feminino, em nós, deve ser construído. Isto exige um esforço constante de descoberta, renúncia, aceitação e festa. A criação do homem e da mulher nos mostram o valor infinito da afetividade, da amizade e da ternura. A sexualidade engloba tudo isso. Analise esse artigo e comente. Que O Pai cheio de Misericórdia e Amor, possa encher seu coração.


DESENVOLVIMENTO


1. CONCEITO


a) Sexualidade:


- Sexualidade animal é um instinto que faz os sexos opostos se atraírem e procriarem, com a finalidade de reproduzir a espécie.


- Sexualidade humana é um dom natural que Deus nos deu para aproximar os sexos opostos com as finalidades de promover a reprodução da espécie humana e de possibilitar a complementação dos seres humanos como pessoas e como filhos de Deus. Não se confunde com a genitalidade. É bem maior do que esta


- Genitalidade restringe-se aos genitais.


b) Sexualidade cristã:


- É a sexualidade exercida segundo a lei de Deus.


= Mc 10,1-11 (indissolubilidade do casamento)


= Rm 1,18-28 (na sexualidade cristã não pode haver perversão)


= 1ª Cor 7,1-9 (a entrega mútua deve se dar no matrimônio)


2. FINALIDADE DA SEXUALIDADE


- Glorificar a Deus (1ªCor 6,19 - nosso corpo é templo do Espírito de Deus)


= fugindo do pecado


= cumprindo a lei de Deus


= assumindo com responsabilidade os frutos da sexualidade: prazer, filhos


3. DESVIO DA FINALIDADE DA SEXUALIDADE


- Chama-se pecado (sexo pré-matrimonial, para-matrimônial, depravado)


4. OBSTÁCULOS À SEXUALIDADE CRISTÃ


a) natureza humana desregrada


b) herança familiar


c) mundo


- amigos


- escolas


- meios de comunicação (filmes, livros, revistas)


5. PASSOS PARA O EXERCÍCIO DA SEXUALIDADE CRISTÃ


a) Assumir a condição de filhos de Deus (não ser filhos do mundo)


- Os filhos do mundo fazem o que o mundo quer


- Os filhos de Deus se esforçam para fazer o que Deus deseja


b) Sair da forma do mundo


- Rm 12,1-2


= Buscar a santidade (nos sacramentos, na meditação da Sagrada Escritura, na oração comunitária e pessoal, na oração de cura interior, no conhecimento da Doutrina da Igreja a respeito da sexualidade cristã)


CONCLUSÃO


É preciso entender que a sexualidade humana possue uma significação que é inerente: ela é uma energia a serviço do crescimento e do amadurecimento das pessoas e uma comunhão com o outro, com o outro totalmente diferente; é uma energia a serviço da preservação e da propagação da vida humana. Educar-se para a vida sexual é assimilar, na própria existência, esses valores fundamentais.


ORAÇÃO


"O Pai de amor e misericórdia, ensina-nos a cada instante, viver a nossa sexualidade de maneira equilibrada e coerente. Para que possamos servi-lo como muito amor e com todo o nosso ser".


Amém.


Deus os abençoe. Muito obrigado.

Um comentário:

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny

NOTÍCIAS DA IGREJA