domingo, 13 de junho de 2010

PURIFICA-ME

Na nossa vida espiritual, ativamente, por meio da oração, sacramentos, leituras, sacrifícios, jejuns, etc., vamos dia a dia crescendo na conversão diária e constante, cada vez mais aprofundando nossa intimidade com o Senhor.




Mas mesmo nos esforçando, carregamos muitas imperfeições que somente através das podas e purificações de Deus, iremos nos curando e libertando.




São João da Cruz, mestre de espiritualidade, com muita sabedoria, oferece muitos esclarecimentos e ensinamentos úteis, em seu livro "Noite Escura", assim nos ajudando a entender este processo, que se passa no interior das almas cristãs até que cheguem à idade adulta, "a estatura da maturidade de Cristo" (Ef 4,13), ao amadurecimento completo.




Na vida espiritual se paramos, recusamos: "quem não avança, recua".




Nomearemos a partir de agora, explicações preciosas e ungidas, do santo místico e doutor da Igreja, São João da Cruz sobre a purificação passiva, isto é, a purificação feita pelo próprio Senhor, nas almas que estão prontas para sair do estado de principiantes, a fim de que, passando pela noite dos sofrimentos e dificuldades, cheguem um dia ao estado de perfeitos, alcançando a tão almejada divina união com Deus.




Quando nos convertemos, sentimos o Senhor cuidando de nós, como o faz a mãe amorosa com a criança pequenina, que acalenta ao calor de seus peitos e alimenta com leite saboroso e manjar suave e doce, e em seus braços a carrega e acaricia.


À medida, porém, que a criança vai crescendo, a mãe lhe retira os seios e coloca esta criança para andar com os próprios pés. Da mesma forma procede o nosso Deus. No início concede-nos doce e saboroso leite espiritual; sem nenhum trabalho nosso, dá seu peito de amor terno.


Achamos então maravilhoso e gostoso, passar muito tempo em oração, fazer enormes penitências e jejuns, sentimos consolação ao receber sacramentos e comungar. Embora tudo seja feito com sinceridade e fervor, existe em nossos atos muita fraqueza e imperfeição no ponto de vista espiritual.


O que nos leva a essa busca de Deus não é totalmente o amor a ele, mas a busca de consolação e gosto, por isso iremos notando, pelos sete vícios capitais, imperfeiçoes que somente a "noite escura" poderá limpar e purificar.


Só a "noite escura" é o caminho para chegar à madrugada, ao pleno dia, ao pleno dia, à plena experiência de Deus. Devido à imperfeição por sermos principiantes, poderemos notar: Continua....

Nenhum comentário:

NOTÍCIAS DA IGREJA