terça-feira, 10 de agosto de 2010

DESENVOLVA A COMPAIXÃO

Nada ajuda a desenvolver mais a nossa perspectiva da vida do que aprender a ter compaixão pelos outros. Principalmente pelos que estão sofrendo. A compaixão é um sentimento nobre.

Ela vai nos ensinar a nos colocarmos no lugar do outro, de tirarmos os olhos de nós mesmos, de nossas necessidades e imaginarmos o que é viver as dificuldades dos outros, bem como sentir amor por essas pessoas. Um amor gratuito, espontâneo.

É reconhecer que os problemas dos outros, sua dor, angústia e frustrações, são tão reais quanto os nossos, e algumas vezes até pior. Ao reconhecer este fato e oferecer alguma ajuda, abrimos nossos corações e ampliamos nosso senso de gratidão.

A compaixão desenvolve-se através da pratica. Ela envolve basicamente, duas coisas: Intenção e Ação.
Intenção, significa simplesmente abrir seu coração a outras pessoas;
Ação, é simplesmente "o que faço com isso".

Não é importante o que você faça, apenas que faça algo. Podemos refletir nas palavra de Madre Tereza de Calcutá: "Não podemos fazer grandes coisas nesta terra. Tudo que podemos fazer são pequenas coisas com muito amor."

Quando você gasta seu tempo, com regularidade, refletindo sobre o milagre da vida o dom da visão, do amor, e todo o resto, isto pode ajudá-lo a lembrar de que muitas das coisas que você julga importantes são na verdade "copos d'água" que você está transformando em tempestades.

Nenhum comentário:

NOTÍCIAS DA IGREJA