quarta-feira, 30 de novembro de 2011

A CONTRADIÇÃO HUMANA

Encontrei essa  minha reflexão entre os meus papeis antigos. Espero que lhe ajude em sua caminhada.


"Educação é mudança de comportamento"

O problema do ser humano não é que você não sabe o que fazer, e sim que você não faz o que sabe!
As pessoas sofrem, não porque não sabem como evitar um problema ou como resolvê-lo, mas porque não usam aquilo que elas mesmas já sabem.
Há uma distância grande entre acreditar em uma ideia, ou entre saber algo e usar este conhecimento.

A coerência é a capacidade de viver de acordo com nossas próprias crenças, conhecimentos e convicções.
Somos pessoas suficientemente competente para saber o que fazer, nas situações, e gerenciar de modo muito eficiente e equilibrado nossas vidas. Basta reduzir as contradições e passemos a usar o que já sabemos, ou seja, usar a nossa própria sabedoria interna.

Quantos de nós sofremos por ceder a pressões e agir de modo diferente de nossos princípios.
A maior causa dos sofrimentos no ser humano é a contradição humana, ou seja, acreditar em uma coisa e fazer outra.

O desafio é a transformação de conhecimento em mudança de comportamento, e para isso requer "disciplina". A disciplina é um instrumento para reduzir a contradição.
O conhecimento só se torna útil quando aplicado. É inútil saber o que fazer, se você não faz.

Identifique em cada caso o que o impede de agir de acordo com o que você acredita, então se esforce por sintonizar crença e ação.

O primeiro passo é monitorar a si mesmo, observar-se e refletir. Não é preciso dizer que o autoconhecimento é fruto também da observação e reflexão sobre si mesmo.

O segundo passo é definir metas e fazer os ajustes, de modo a sintonizar ação ou comportamento com crenças e conhecimentos.

Para eliminar os conflitos internos, temos que reduzir a contradição. Aquele que conseguir reduzir a contradição e aumentar a coerência, estará dando um passo importantíssimo no domínio de si mesmo.

Localize as incoerências entre seus valores, conhecimentos ou crenças e seu comportamento, utilizando-se da sua inteligência, energia e disciplina, tome as medidas necessárias para sintonizar ação e pensamento e para viver de acordo com aquilo em que você mesmo acredita.

É isso ai amigos. Aproveite esse momento do advento e dê uma guinada em sua vida.

Um forte abraço fraterno.

Marcos Ágape

Um comentário:

Renilda do Vale disse...

Boa reflexão para o momento.
Gostei muito!
bjs

NOTÍCIAS DA IGREJA